TÍTULO DE ELEITOR → Como Tirar, Agendamento, 2 via


 

O Título de Eleitor é um documento pessoal, e, portanto, todos os cidadãos devem tê-lo. Embora indivíduos com 16 anos já possam solicitá-lo, a obrigatoriedade de voto é apenas aos 18 anos.
A seguir, saiba como solicitar o seu título de eleitor, e assim, estar em dia com a Justiça Eleitoral Brasileira!

Como tirar o Título de eleitor?

O Título de Eleitor é feito no Tribunal Eleitoral do seu município, mediante a apresentação de alguns documentos. Para agilizar o processo e evitar filas, você pode agendar o seu horário.

Após apresentar o que foi solicitado, tirar uma foto, realizar biometria e assinatura digital, seu título é impresso, e você não precisa esperar por ele.

Documentos necessários

Uma das formas de garantir que o pedido do título será efetivado com sucesso é levando todos os documentos necessários. São eles:

  1. Documento de identificação original: neste caso, pode ser utilizada a carteira de identidade, certidão de nascimento ou casamento, carteira de trabalho, ou outro documento de identificação que contenha foto.
    Muito cuidado! A CNH (Carteira Nacional de Habilitação) não é aceita, pois não informa a naturalidade do indivíduo. Embora ela seja aceita como documento de identificação em outros casos, para o título de eleitor ela não é válida.
  2. Comprovante de residência: pode-se utilizar uma conta de água, luz, telefone, ou qualquer outra que contenha seu nome, endereço, e esteja atualizada. O objetivo de apresentar este documento é principalmente para definir o local de votação, que tende a ser o mais próximo possível de sua casa.
  3. Quitação militar: homens com 18 a 45 anos devem, obrigatoriamente, apresentar o documento de comprovação de quitação militar.

Onde Tirar e Agendar?

Desde 2009, o TSE disponibiliza o agendamento online para a solicitação de título, bem como possibilita o pedido de transferência de local de votação e mudança de dados cadastrais.

Para saber se existe essa possibilidade em seu estado, você precisará acessar o seguinte link: http://www.tse.jus.br/o-tse/tribunais-regionais. Encontre seu estado, e na página local localize as opções disponíveis.

Com isso, você ganhará tempo e evitará as filas quando for finalizar o processo de pedido do seu Título.

Depois, você deverá comparecer no cartório Eleitoral mais próximo do seu endereço, munido da documentação explicada anteriormente.

Consulta Título de Eleitor

Este tópico é dedicado aos que já possuem o Título de Eleitor, e precisam consultar a situação. Isso pode ser feito através do seguinte link: http://www.tse.jus.br/eleitor/servicos/titulo-de-eleitor/situacao-eleitoral/consulta-por-nome.

Consulta Nome - Título Eleitoral

Para acessar o seu título, basta preencher nome completo ou número do seu título e a data de nascimento.

Situação Eleitoral

Com isso, você conseguirá avaliar a sua situação, baseada em seu histórico Eleitoral.

Número do Título de Eleitor

Além da situação do seu Título, exposta anteriormente, através do site do TSE você poderá também saber o número do seu documento. Isso pode ser necessário, por exemplo, quando você desejar obter o e-Título (o qual solicita tal número).

Para isso, acesse o link: http://www.tse.jus.br/eleitor/servicos/titulo-de-eleitor/titulo-e-local-de-votacao/consulta-por-nome, e preencha corretamente com as suas informações.

Local de Votação Eleitoral

A partir de então, abrirá uma tela contendo o número do seu documento, local de votação, endereço residencial cadastrado, e outros.

Título de Eleitor Digital

O aplicativo e-Título é uma excelente opção para quem prefere ter o documento digital ao invés de carregar consigo o físico. Ele é válido inclusive no momento da votação (desde que mediante a apresentação de outro documento de identificação com foto, ou com a biometria).

O título está disponível para iOS e Android, e pode ser baixado gratuitamente! Basicamente, a tela que você verá será esta:

e-Título aplicativo

Para acessar o seu título, é preciso informar o seu nome completo, nome do pai e da mãe, data de nascimento e o número da inscrição (que foi mencionada anteriormente).

O documento substitui o título físico, e é uma boa opção para quem não encontrou o documento na hora de votar ou prefere levar o smartphone!

Solicitação da 2ª via

Você perdeu o seu título de eleitor e não sabe como proceder? Calma, a solicitação é simples, e deve ser feita no Cartório Eleitoral mais próximo da sua residência.

É importante destacar que quando as eleições estiverem próximas, você deverá comparecer ao cartório ao menos 10 dias antes da eleição. Depois deste prazo, não é mais possível solicitar a segunda via. Fora do período eleitoral, a solicitação pode ser feita a qualquer momento!

Para evitar transtornos, compareça ao cartório eleitoral munido da seguinte documentação:

  • Documento de identificação com foto: é válida a carteira de identidade, carteira de passaporte, e os demais documentos que já foram mencionados na solicitação do primeiro título.
  • Comprovante de endereço: pode ser conta de água, luz, telefone ou qualquer outra, desde que esteja atualizada e contenha seu nome.
  • Comprovante de votação ou outra justificação: tal documento serve para provar que você está em dia com a Justiça Eleitoral.

Além da 2ª via, lembre-se também do e-título, que pode ser utilizado em substituição ao documento, e é uma excelente opção para situações em que as eleições estão próximas ou outra emergência.

Leave a Reply